Condicionado pelo medo

Ser um adulto seguro significa que, antes de completar dois anos de idade, você não foi condicionado pelo medo; em vez disso, você foi estimulado a se expandir sem limites, a valorizar a liberdade, apesar dos revezes ocasionais que podem ter lugar quando a criança se depara com as coisas deste mundo. Levar um tombo não é a mesma coisa que fracassar; machucar-se não é a mesma coisa que chegar à conclusão de que o mundo é ameaçador. A ferida nada mais é do que a forma da natureza dizer à criança onde estão os limites – a dor existe para mostrar a ela onde começa e termina o “eu”, para ajudá-la a evitar possíveis perigos como queimar-se ou levar um tombo.

Quando os pais distorcem esse processo natural de aprendizado, o resultado é uma sensação de dor psicológica, que não era a intenção da Natureza. A dor psicológica estabelece fronteiras que você não consegue atravessar sem sentir uma profunda ansiedade com relação ao estado da sua existência. Se uma criança estabelecer uma ligação entre se ferir e ser má, fraca, incapaz de enfrentar os problemas, ou estar constantemente cercada por ameaças, não existe espaço para o seu crescimento espiritual. Sem a sensação de segurança, o espírito fica fora de alcance; tentamos eternamente nos sentir seguros neste mundo, mas essa segurança não pode ser alcançada sem que superemos os registros dos nossos primeiros anos de vida.*

Esforço e trabalho diários. Não há descanso.

* Trecho extraído do livro As Sete Leis Espirituais Para Os Pais, de Deepak Chopra.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s